Este site é pessoal e tem o foco principal, nas notícias e fatos de interesse de nosso povo e das nossas coisas. Então, significa que não temos equipe e nem tempo para informar tudo o que acontece em Baião e região, ficando ao nosso critério divulgar as informações mais relevantes.
"Vote na enquete, assista os vídeos, deixe seu comentário e divirta-se."
Loading...

sábado, 22 de novembro de 2014

BAIONENSES PROTESTAM EM BELÉM

BAIONENSES PROTESTAM EM BELÉM
Vários pescadores da Colonia Z-34, juntamente com a diretoria da entidade, realizaram manifestação na sede da Superintendência do Trabalho em Belém. O motivo do protesto foi que a reunião marcada com titular do órgão não aconteceu devido o não comparecimento dele, e nem justificou a ausência. Revoltados os manifestantes assaram peixe e penduram suas redes nos portões da instituição.
Foto: Nanny Chaves
 — com Maria Moura e outras 16 pessoas.

PARABÉNS PRA LUZIA LOBO

PARABÉNS PRA LUZIA
Com muita alegria registramos a passagem de aniversário da professora aposentada Luzia Lobo. Quem conhece curte, comenta....

ANIVERSÁRIO DO GRUPO JOVEM ELOHIM

ANIVERSÁRIO DO GRUPO JOVEM ELOHIM
Na noite de sexta-feira, 21, a Assembleia de Deus em Baião comemorou mais um ano de vitória, com celebração à Deus de culto organizado pelo grupo jovem da congregação Vale da Benção. O preletor da noite foi o presbítero Uéliton Souza.Grupos de jovens da vila de Engenho e do núcleo urbano participaram da festa. A decoração da Sonhos Decorações & Eventos embelezou o prédio, que contou ainda com a cobertura musical do "Mega Fox Sonoro", sob a coordenação do Dj' Ari - Arivaldo Fernandes.
 — com Ieadem Mocajuba e outras 23 pessoas.

FESTA NA CONGREGAÇÃO VALE DA BENÇÃO

FESTA NA CONGREGAÇÃO VALE DA BENÇÃO
A congregação Vale da Benção comemorou mais um ano de vitórias, celebrando um culto de ação de graças, mesmo com a falta de energia elétrica na cidade de Baião que durou até cerca de 21 h, não impediu que a Assembleia de Deus realizasse mais uma festividade.. O preletor foi o presidente da denominação pastor Jean Carlos Campos Canedo. A cobertura sonora foi da produtora "Rogério Produções", com decoração da " Sonhos. Decorações & Eventos".
 — com Louva Baião e outras 9 pessoas.

BAIÃO DO PARÁ ESTÁ A MAIS DE 60 DIAS SEM AGÊNCIA BANCÁRIA E POPULAÇÃO DEU O GRITO DE SOCORRO ( E CONTINUA A AGONIA!!)

BAIÃO DO PARÁ ESTÁ A MAIS DE 60 DIAS SEM AGÊNCIA BANCÁRIA E POPULAÇÃO DEU O GRITO DE SOCORRO ( E CONTINUA A AGONIA!!)
Publicado há 4 horas (de Pacco Martins).
Desde o dia 11/09/2014, dia em que houve um assalto ao Banco do Brasil em Baião oeste paraense, que a agência do BB não oferece os serviços de atendimento Interno e Externo (caixas eletrônicos). Passados mais de 60 dias do assalto, a agência permanece fechada. Os moradores de Baião têm que se deslocar para a agência de Mocajuba, para tentar resolver suas demandas, sujeitando-se a gastos financeiros com transporte e ainda correndo riscos de acidentes e assaltos na estrada.
Pessoas idosas (aposentados e pensionistas) e pessoas com necessidades especiais vêm sofrendo ainda mais com essa situação, considerada desumana: fome, calor, fadiga, etc. Pois passam 2, 3 e até 4 horas ou mais na fila dos Correios que presta o serviço de Banco Postal. As taxas, tarifas e/ou encargos têm sido descontados normalmente em nossas contas bancárias, mas não estamos recebendo o atendimento pelo qual estamos pagando.
Ocorrem atrasos de pagamento de salários do servidores municipais e o prefeito sempre alega que é devido o não funcionamento do Banco! O que sabemos é que o Banco se nega a funcionar alegando falta de Segurança para seus funcionários e clientes. A culpa é de quem afinal? Sabemos também que a Segurança Pública é de responsabilidade do Governo do Estado e do Governo Municipal, mas percebe-se que por falta de diálogo e interesse de ambas as partes causa inúmeros transtornos a população baionense vem sofrendo com esses problemas.
Revoltados com o descaso, já acionaram o Ministério Público com pedido de Ação Civil Pública, exigindo o retorno ao funcionamento normal do BB. A promotoria a mais de um mês entrou com Ação Civil Pública e Pedido de Liminar, solicitando a permanência, durante todos os dias do mês, de um agrupamento tático da polícia nas proximidades do Banco. Mas o Juiz de Baião não procedeu com a Liminar e solicitou algum posicionamento da Secretaria de Segurança Pública Estadual.
Já ocorreram 3 Atos públicos em frente ao BB em Baião, reivindicando às autoridades que trabalhem para resolver esses problemas. O último foi realizado hoje (17/11), onde políticos, representantes de sindicatos e cidadãos comuns se pronunciaram, denunciando e cobrando responsabilidade e comprometimento com as causas da população baionense.
O resultado da reunião entre a Promotora de Baião e os Representantes da superintendência do Banco do Brasil (18/11). Segundo informações, O BB estará realizando: 1- A Substituição das máquinas (caixa eletrônico), melhorando o auto-atendimento externo. 2 – A Instalação de Dispositivo antirroubo no Cofre da Agência. 3 – por volta da 1ª semana de dezembro os novos caixas eletrônicos deverão estar funcionando, apenas, para os serviços de Impressão de Saldos e Extratos bancários. 4 – A previsão é que a Agência do BB de Baião só voltará ao funcionamento normal, com Atendimento Interno e Externo e Pagamentos, a partir do dia 15 de Janeiro de 2015. 5 – Em resposta a Ação Civil Pública, efetuada pelo Ministério Público Local, estará garantido pela Secretaria de Segurança Pública Estadual, o Policiamento Permanente em frente ao BB durante todos os dias de funcionamento da Agência do BB em Baião.
Comerciantes também reclamam pela falta do serviço. Eles alegam que desde o fechamento da agência o comércio apresentou uma queda nas vendas. Inevitavelmente quem sofre com tudo isso é a população que precisa gastar muito mais do que o necessário e ainda correr o risco de ficar sem solução de seus problemas.

terça-feira, 28 de outubro de 2014

VIDEO DA CARREATA DA DILMA EM BAIÃO

Uma carreata com aliados e simpatizantes do 13 no dia 27/10, comemoraram a reeleição da presidente Dilma Rousseff, pelas ruas da cidade.

COMEMORAÇÕES DO DIA DA CONSCIÊNCIA CRISTÃ - A REFORMA PROTESTANTE

DIA DA CONSCIÊNCIA CRISTÃ - A REFORMA PROTESTANTE
Uma noite de louvor e adoração a Deus precedido de uma caminhada pelas ruas de Baião PA, comemorará o feriado municipal do Dia da Consciência Cristã.
A data relembra a história de Martinho Lutero, nascido em 10 de novembro de 1483 — Eisleben, morto em 18 de fevereiro de 1546) foi um monge agostiniano e professor de teologia. germânico que tornou-se uma das figuras centrais da Reforma Protestante. Levantou-se veementemente contra diversos dogmas do catolicismo romano,contestando sobretudo a doutrina de que o perdão de Deus poderia ser adquiridos pelo comércio das indulgências. Essa discordância inicial resultou na publicação de suas famosas 95 Teses em 1517, em um contexto de conflito aberto contra o vendedor de indulgências Johann Tetzel. Sua recusa em retratar-se de seus escritos, a pedido do Papa Leão X em 1520 e do Imperador Carlos V na Dieta de Worms em 1521, resultou em sua excomunhão da Igreja Romana e em sua condenação como um fora-da-lei pelo imperador do Sacro Império Romano Germânico.
Lutero propôs, com base em sua interpretação das Sagradas Escrituras, especialmente da Epístola de Paulo aos Romanos, que a salvação não poderia ser alcançada pelas boas obras ou por quaisquer méritos humanos, mas tão somente pela fé em Cristo Jesus (sola fide), único salvador dos homens, sendo gratuitamente oferecida por Deus aos homens. Sua teologia desafiou a infalibilidade papal em termos doutrinários, pois defendia que apenas as Escrituras (sola scriptura) seriam fonte confiável de conhecimento da verdade revelada por Deus.[1] Opôs-se ao sacerdotalismo romano (isto é, à consagrada divisão católica entre clérigos e leigos), por considerar todos os cristãos batizados como sacerdotes e santos.[2] Aqueles que se identificaram com os ensinamentos de Lutero acabaram sendo chamados de luteranos.
Lutero viu este tráfico de indulgências como um abuso que poderia confundir as pessoas e levá-las a confiar apenas nas indulgências, deixando de lado a confissão e o arrependimento verdadeiros. Proferiu, então, três sermões contra as indulgências em 1516 e 1517. Segundo a tradição, em 31 de outubro de 1517 foram afixadas as 95 Teses na porta da Igreja do Castelo de Wittenberg, com um convite aberto a uma disputa escolástica sobre elas. Essas teses condenavam o que Lutero acreditava ser a avareza e o paganismo na Igreja como um abuso e pediam um debate teológico sobre o que as Indulgências significavam. Para todos os efeitos, contudo, nelas Lutero não questionava diretamente a autoridade do Papa para conceder as tais indulgências.