Este site é pessoal e tem o foco principal, nas notícias e fatos de interesse de nosso povo e das nossas coisas. Então, significa que não temos equipe e nem tempo para informar tudo o que acontece em Baião e região, ficando ao nosso critério divulgar as informações mais relevantes.
"Vote na enquete, assista os vídeos, deixe seu comentário e divirta-se."
Loading...

segunda-feira, 25 de maio de 2015

CAMPANHA " QUEREMOS UM MUSEU DA HISTÓRIA DE BAIÃO"

CAMPANHA " QUEREMOS UM MUSEU DA HISTÓRIA DE BAIÃO"
Desde o anos de 2009, usamos estes espaços na NET através das nossas páginas, divulgado as belezas , os problemas, a sociedade etc... E pudemos ver a necessidade de celebrarmos a história deste lindo município BAIÃO. Hoje após entrevistar várias pessoas, percebemos o mesmo sentimento nosso, que o município de Baião precisa de um MUSEU para expor sua história, seu povo, sua cultura, tradição. Somos um dos municípios mais antigos do Pará e do Brasil, com sua história remontando o ano do descobrimento do estado do Pará, por volta do ano 1600. Por tudo isso , chegou a hora da sociedade baionense se juntar, sem credo religioso, sem ambições políticas ou qualquer outra coisa que não seja a recuperação e a preservação da história deste rincão de terra. A partir de agora, convidamos todo povo baionense a se juntar a nós neste grande projeto de preservação de nossa história. Se você ou sua família tem algum livro, artefato, peças de cerâmicas, móveis, utensílios, fotos, gravuras etc.. Entre em contato conosco, pois estaremos formando uma comissão para administrar, catalogar e cuidar destes bens de valor incalculável, enquanto aguardamos a definição de um local para breve serem expostos. Foto : Nicelma Barroso.

sexta-feira, 22 de maio de 2015

NOTA DE FALECIMENTO- FALECEU ZÉ RAMOS

NOTA DE FALECIMENTO
Faleceu na noite desta quinta-feira, 21/05, por volta de 21 h, o ex-vereador e ex- vice prefeito de Baião, JOSÉ PINTO MONTEIRO RAMOS mais conhecido como "Zé Ramos". Ele estava internado
para operar a próstata, porém a pressão arterial subiu e ele veio a óbito. O corpo está sendo velado na residência da família no município e o enterro será ás 8 h do dia 23/05. O morto deixa vários filhos dentre eles, a presidente do IPMB  Dislanilze Ramos​. O prefeito municipal decretou luto na cidade e facultou o expediente  no dia de hoje. Recentemente ainda em vida, Zé Ramos (de camisa amarela) participou dos 15 anos de sua neta .
Pêsames a família enlutada.

quarta-feira, 20 de maio de 2015

VENDE-SE LINDA ÁREA DE TERRA EM BAIÃO

GRANDE OPORTUNIDADE
Para quem quer plantar, fazer pastos etc, vende-se uma área medindo 500 M de frente e 1.800 m de fundos, localizado na estrada do Abade próximo a Vila de Tambai-Açu, no município de Baião, as proximidades de Mocajuba. Parte da área já possui pasto, os fundos do terreno, faz limite com o igarapé do Tambai. A área de terra possui Titulo definitivo. . Contatos 91-98761-3584- 988456220.

terça-feira, 19 de maio de 2015

MISSA DE 7º DIA DO KIKO NOGUEIRA

MISSA DE 7º DIA DO KIKO NOGUEIRA
Foi celebrada na igreja católica Matriz em Baião, missa em memória pelo 7º dia de falecimento do jovem Kiko Nogueira e a mais 7 pessoas. Ao final da cerimônia, muita emoção, quando familiares e amigos, foram prestar condolências a família enlutada. Kiko como era conhecido, faleceu em um acidente de motocicletas, quando se chocou com um cavalo que havia sido atropelado anteriormente, por outro veículo, na estrada que liga Baião a Mocajuba. 
 A igreja lotada durante a celebração.
 O celebrante da missa.
 O tio Dinho Ramos faz os agradecimentos em nome da família.
 Aqui a mãe, Edna Ramos sendo acalentada por seus netos e por sua filha, durante uma homenagem feita por um cantor de Mocajuba.
 Esta outra foto, mostra uma homenagem prestada no FACEBOOOK.
Nesta foto, Kiko ainda em vida, aparece com a esposa e filho.

1º CAMPEONATO DE FUTEBOL DO MARACANÃ

1º CAMPEONATO DE FUTEBOL DO MARACANÃ
A equipe do Maracanã de Baixo, sagrou-se campeã do 1º  Campeonato de Setores da Vila de Maracanã. 
A  partida final aconteceu na Arena Soçaite Show de Bola dia 16/05. Segundo o organizador do evento, Asinaldo Fernandes, o torneio contou com 8 equipes e  os finalistas foram as equipes do Maracanã de Baixo e Maracanã de Cima.  A partida terminou com o placar de 3 x 1 para o time do Maracanã de Baixo, com gols do artilheiro do campeonato, Macaxeira, que totalizou 7 gols.  Os vencedores receberam  troféu e dinheiro como prêmio. Os finalistas fazem posse especial pra nossa reportagem. O locutor Cunha Maia,  narrou a partida.


 A torcida aguarda o início da partida final.

O popular "Conca", patrocinador oficial do torneio.

Foi preso o presidente da Câmara de Breu Branco, vereador Hildebrando de Souza Azevedo (PP).

BREU BRANCO PARÁ-BRASIL
terça-feira dia 19 de maio de 2015
.........................................................................
Na manhã desta segunda-feira (18), o ex-presidente da Câmara de Vereadores de Breu Branco, o vereador Hildebrando de Souza Azevedo (PP), foi preso e levado a Seccional de Tucuruí, por decisão judicial.
O vereador foi preso dentro da Câmara de Vereadores, logo após o encerramento da sessão ordinária desta segunda-feira (18), quando o oficial de justiça, acompanhado de força policial, apesentou a contra-fé da decisão judicial, sendo imediatamente encaminhado para o cárcere da Seccional de Tucuruí.
A decisão foi exaurida pelo juiz titular da Comarca de Breu Branco, o magistrado José Jonas Lacerda de Sousa, após ter analisado o Processo nº 0006458-26.2015.8.14.0104, através da denúncia formulada pelo Ministério Público Estadual, em face do vereador Hildebrando de Souza Azevedo, ter, supostamente, incidido nas condutas delitivas amoldadas no Art. 312, caput, c/c art. 71, caput, ambos do CPB.
Dentro da denúncia do Ministério Público, Hildebrando de Souza Azevedo, atualmente desempenhando o mandato de vereador em Breu Branco, teria se apropriado/desviado dinheiro público, com a intenção de satisfazer suas necessidades pessoais, em detrimento ao interesse público primário usando o cargo que exercia.
Segundo apurado pelo Ministério Público, os comportamentos delituosos, teriam sido efetivados desde há época em que o vereador Hildebrando de Souza Azevedo, ocupava a pasta de Secretário Municipal de Assistência Social da Prefeitura de Breu Branco, ainda na gestão do ex-prefeito Eghon Kolling (Alemão), cometendo atos de improbidade administrativa.
Na época de Secretário Municipal, Hildebrando de Souza Azevedo efetuou diversos pagamentos à sua esposa, Poliana Silva Azevedo, bem como a um amigo pessoal, Carlos Alberto de Sousa, com dotações do Fundo Municipal de Assistência Social sem a devida contraprestação e mediante contratação direta, contrariando os procedimentos legais, como o licitatório. Mais a frente, adquiriu inúmeros bens com recursos do Fundo Municipal, os quais deveriam estar no patrimônio daquela Secretaria e fazendo parte do patrimônio público.
Durante sua gestão na Secretaria Municipal, o Hildebrando desviou do erário público, aproximadamente R$ 1,2 milhão, dentro das irregularidades encontradas na prestação de contas dos Convênios nº 1.749/2006 e nº 1.505/2006, celebrados com a Fundação Nacional de Saúde, cujos objetos consubstanciaram a construção de Sistema de Abastecimento de Água no Bairro Felicidade, no montante de R$ 234.564,29 (duzentos e trinta e quatro mil e quinhentos e sessenta e quatro reais e vinte e nove centavos); assim como a implementação de melhorias sanitárias domiciliares nos Bairros Santa Catarina e Novo Horizonte, na cifra de R$ 949.523,87 (novecentos e quarenta e nove mil e quinhentos e vinte e três reais e oitenta e sete centavos), respectivamente.
Atualmente no cargo de vereador Hildebrando Azevedo, teria cometido as seguintes ilicitudes: Omissão na prestação de contas, conforme exige a Lei Orgânica Municipal e Regimento Interno da Câmara de Vereadores; Efetuação de pagamentos mensais de diárias desguarnecidas da devida demonstração das viagens, bem como celebração de contratações em afronta ao devido processo legal pertinente; Realização de pagamento de serviços não ocorridos ou sem a devida comprovação, além de superfaturamento e excessiva quantidade de produtos adquiridos para a manutenção da Câmara Municipal; Pagamentos vertidos a servidores e prestadores de serviços inexistentes, “fantasmas”.
O MP denunciou, que dentre os atos praticados pelo acusado, ressalta-se o documento referente ao arrolamento de bens adquiridos pelo acusado, oriundo do Departamento de Patrimônio da Prefeitura Municipal, no período compreendido entre 01/01/2009 e 31/12/2012 (ou seja, época na qual o acusado era Secretario Municipal), os quais não foram encontrados durante levantamento físico efetivado pela Municipalidade no período de 04/02/2013 a 08/02/2013, tampouco foram encontrados no acervo patrimonial.
Surgem ainda que o vereador estava “mancomunado” com empresários locais, que, em vez de serem expedidas várias notas fiscais referentes às aquisições realizadas, sendo que, aos bens eram conferidas destinações ilícitas, ou os empresários emitiam as notas sem sequer retirar as mercadorias do estabelecimento (esquema que, por óbvio, favoreceria ambas as partes). Além disso, discorre que, eventualmente ostentada a participação de mais agentes nos fatos delituosos denunciados.
Ficou comprovado que, “coincidentemente”, no ano de 2012, período no qual Hildebrando registrou sua candidatura a vereador, a Secretaria de Assistência Social emitiu uma enxurrada de ordens de pagamentos, firmada pelo acusado, para “aquisição” de produtos, circunstância que mostram a viabilidade latente de desvio e/ou apropriação de dinheiro público para financiamento de sua campanha eleitoral.
Na ação, o MP pleiteia que sejam oficiados aos cartórios de imóveis de Novo Repartimento/PA, Tucuruí/PA, Belém/PA e Marabá/PA; ao DETRAN/PA; à ADEPARÁ; ao Sindicato/Associação ou entidade similar dos Representantes de Incorporadoras, Construtoras e/ou Imobiliárias deste Estado, de São Paulo e do Distrito Federal, no intuito de aquilatar se o increpado possui imóveis, veículos, semoventes ou compras e/ou promessas de compra de imóveis registrados nos referidos órgãos, respectivamente, remetendo-se cópias deles, caso existam, ao Poder Judiciário desta Comarca.
O MP pediu ainda ao magistrado, a quebra do sigilo fiscal e bancário do vereador. Para que Receita Federal traga aos autos informações detalhada acerca das declarações de Imposto de Renda do acusado no último quinquênio. Ao passo que esta, no intento de que o Banco do Brasil forneça elementos sobre movimentações financeiras transacionadas feitas por Hildebrando (inclusive com cartões de crédito), também no derradeiro quinquênio, remetendo-se cópias dos dados coletados ao Poder Judiciário desta Comarca.
Requereu ainda a expedição de ofício à Polícia Federal com o objetivo de obter informações referentes a possíveis viagens realizadas pelo acusado ao exterior, destino e quantitativo, nos últimos 05 (cinco) anos; à Prefeitura Municipal de Breu Branco, no desiderato de exibir nos autos as Portarias de designação do acusado para o desempenho de funções junto ao Poder Executivo local, desde o ano de 2009, bem como a esta e à Câmara Municipal de Vereadores para fornecer as Portarias atinentes a nomeações ou designações de servidores por parte do acusado, sobretudo relacionadas à Poliana Silva Azevedo e o Carlos Roberto de Souza; e às empresas identificadas nos documentos apresentados na ação, a fim de que disponibilizem documentação pertinente à baixa no estoque dos produtos consignados nas ordens de pagamento e/ou notas fiscais expedidas aos órgãos do poder público.
O MP pede a decretação da proibição do acusado de deixar o país no decorrer do presente feito, ordenando a suspensão de seu passaporte; a indisponibilidade de bens e bloqueio das contas bancárias do increpado, valendo-se do sistema Bacenjud; e o ergástulo cautelar do acusado, como medida de ultima ratio aplicável ao caso, assegurando a estabilidade da ordem pública, a conveniência da instrução criminal e garantindo a futura aplicação da lei penal.
Na decisão, o magistrado José Jonas Lacerda de Sousa, juiz titular da Comarca de Breu Branco, analisou a denúncia ofertada pelo Ministério Público, ficando evidentes, as lamentáveis ações delituosas, e de extrema gravidade, não só no que se refere à malversação do dinheiro público, ora investigada, mas também a possível formação de uma verdadeira associação “quadrilha” criminosa, constituída em prejuízo ao erário e, por corolário, malefício a todos os munícipes.
Dentro da análise do magistrado, quanto à consistência dos elementos informativos que consubstanciam a justa causa para o exercício da ação penal, ao julgador não restou evidenciados indícios razoáveis de autoria e prova da materialidade do crime imputado na denúncia, sob os auspícios do primado in dúbio pro societate, e que ação em epigrafe, está lastreada em robusta prova documental, alguns de índole oficial, bem como se infere por satisfeitos os requisitos legais insculpidos no Art. 41, do CPP, não constituindo qualquer das casuísticas lapidadas no art. 395, do CPP.
Com isso, nada restou ao magistrado José Jonas Lacerda de Sousa, receber a denúncia oferecida pelo Mistério Público, contra Hildebrando de Souza Azevedo, estando o acusado teoricamente incurso nas penas do Art. 312, caput, c/c Art. 71, caput, ambos do CPB. E dentro da decisão exaurida pelo Juiz, determinou a citação de Hildebrando de Souza Azevedo, para apresentar resposta por escrito, no prazo de 10 (dez) dias, conforme o Art. 396, do CPP.
Prisão Preventiva - O magistrado decidiu pela prisão preventiva de Hildebrando de Souza Azevedo, com fundamento na garantia da ordem pública, na conveniência da instrução criminal e para assegurar a futura aplicação da lei penal, de acordo com o que determinam os Arts. 311, 312 e 313, do CPP, datado e passado em Breu Branco, no dia 15 de Maio de 2015.
Publicação: Breu Branco Urgente
Fonte:jornal de Tucuruí

ENTREGA DE FAIXA DE CAMPEÃO MASTER - 2014

Uma partida de futebol foi realizada dia 16 de maio, para a tradicional entrega de faixa ao campeão Master baionense de 2014. A equipe do São Francisco, recebeu a equipe do Cascavel Sport Clube da Vila do cabanos no estadio  no bairro do São Francisco. A partida terminou com a vitória do São Francisco pelo placar de  3 x 2, com gols do Tio Paca e . Registramos o gol do titulo na foto 5. 





Conselho dos Direitos da Mulher, homenageou as mães

DIA DAS MÃES
O Conselho dos Direitos da Mulher, homenageou as mães baionense, com programação no Salão Paroquial dia 15 deste mês. A programação contou com sorteios de brindes,etc.. A foto registra o momento que o Grupo da Terceira Idade se apresentava.


DIA DAS MÃES NA COLÔNIA Z-34- BAIÃO-PA

DIA DAS MÃES NA COLÔNIA Z-34
O dia das mães foi comemorado em grande estilo na Colonia De Pescadores de Baião​ . As homenagens aconteceram dia 16 deste mês no Descontração, com a presença das sócias da entidade.
A presidenta Julia Braga ao lado do vice presidente Julio Macieira e demais membros da diretoria, o vereador baixo da colônia, celebraram a data, que destaque-se, nunca antes foi celebrada. 

Nos próximos dias, a mesma homenagem será prestada nas vilas de Joana Peres, Umarizal, Araquembaua e outras vilas.

 Depois de um momento espiritual celebrado pela igreja Presbiteriana, aconteceram os sorteios de diversos brindes. Uma grande surpresa foi o sorteio entre as mães presentes, de 50 óculos de grau completos ofertado pela Ótica Gaia, em parceria com a Colônia de Baião. 

Logo mais estaremos postando mais fotos do dia das mães feitas no Descontração.