Este site é pessoal e tem o foco principal, nas notícias e fatos de interesse de nosso povo e das nossas coisas. Então, significa que não temos equipe e nem tempo para informar tudo o que acontece em Baião e região, ficando ao nosso critério divulgar as informações mais relevantes.
"Vote na enquete, assista os vídeos, deixe seu comentário e divirta-se."
Loading...

sexta-feira, 22 de abril de 2016

INDÍGENAS INTERDITAM BR.222

Rádio FM 91
7 h
O povo indígena Gavião, Interditaram hoje(22) pela manhã, a BR-222, depois de Morada Nova uns 10km, sentindo á Bom Jesus do Tocantins.Os índios afirmam que a BR está em péssimas condições e oferece risco de assaltos e acidentes.

CÂMARA MUNICIPAL DE BAIÃO AFASTA SECRETÁRIO DE EDUCAÇÃO

CÂMARA AFASTA SECRETÁRIO DE EDUCAÇÃO 

de Baião com uma votação de 6 votos a favor e 5 contra. 

ENTENDA O CASO: Na audiência pública do dia 19 o prefeito Saci disse que o sindicato deveria encaminhar oficialmente o pedido das reivindicações . Pedido este que é o mesmo que deflagrou a greve, O Pagamento de 135 h aos professores como aconteceu durante o ano de 2015. Hoje prazo final para responder o secretário enviou oficio dilatando o prazo para responder ao sindicato na segunnda-feira, 25. Inconformados com a resposta os servidores em greve se deslocaram a Câmara Municipal lotando o plenário.
O vereador Galileu (PPS) pediu o afastamento do secretário Edmilson Cantão, e em votação os vereadores Galileu (PPS), Bado (PSDB), Rosiel Barbosa (PSDB), Ronilson (DEM) e Humberto Vieira (PTB) votaram pelo afastamento e os vereadores: Rosana Braga (PT), Arilson Lopes (PT), Fredson Cal (DEM), Irmão Airson Dutra (PROS) e Nazareno Souza (PT) votaram contra. O presidente da casa vereador Renivaldo Lemos (DEM) deu o voto de minerva desempatando a favor do afastamento do Secretário. Na mesma sessão  de hoje por 9 x2 foi aprovada às  contas da vice prefeitA Jandira.

AUDIÊNCIA PÚBLICA SOBRE A EDUCAÇÃO

AUDIÊNCIA PÚBLICA SOBRE A EDUCAÇÃO
que foi realizada em 19/04, foi com certeza uma das mais extenuantes e cansativa que vimos. Depois de várias horas de debates, discussões, aplausos, vaias e palavras de ordem, terminou a reunião mais de 13:30 h daquele dia. Programada para começar ás 08h, começou muito depois e finalizou com a mesma proposta que originou a greve. O Sintepp Baiaoapresentou novamente a proposta de o governo pagar as 135 h aos professores e se comprometeram a suspender a greve imediatamente. Porém, o governo pediu que o sindicato oficializa-se a proposta através de ofício e que em 48 horas responderia se concorda ou não com ela. Ou seja, a greve continua e os servidores ficam na expectativa da decisão do governo municipal. A resposta ao sindicato será na sexta-feira.
CurtirMostrar mais reações
Comentar