Este site é pessoal e tem o foco principal, nas notícias e fatos de interesse de nosso povo e das nossas coisas. Então, significa que não temos equipe e nem tempo para informar tudo o que acontece em Baião e região, ficando ao nosso critério divulgar as informações mais relevantes.
"Vote na enquete, assista os vídeos, deixe seu comentário e divirta-se."
Loading...

sábado, 7 de maio de 2016

SEM PCCR APROVADO, CONTINUA A GREVE EM BAIÃO

SEM PCCR APROVADO, CONTINUA A GREVE

dos trabalhadores da educação em Baião. 
De acordo com o prof. Reginaldo Reis coordenador do Sintepp Baiao, o plano não foi votado na Câmara Municipal nesta sexta-feira como estava acordado em virtude do projeto de lei que institui o Plano de Cargos, Carreiras e Remunerações -PCCR, terem sido remetidos pelo governo municipal somente um dia antes da sessão.

O sindicato então orientado pela assessoria jurídica da entidade e da Câmara, de que o referido projeto estaria sem segurança jurídica e qualquer pessoa poderia entrar na justiça e alegar ilegalidade, em virtude que o projeto não tramitou durante os 3 dias em que determina a lei, para que depois ele fosse levado a votação em plenário, decidiu em consenso com a categoria esperar a votação do projeto na próxima sexta-feira, 13/05.
A Categoria então decidiu manter a Greve e somente suspender e retornar as atividades após a aprovação da Lei do PCCR da Educação. Os Vereadores, em sua maioria, Garantiram que estarão na próxima Sexta-feira na Sessão para enfim Votarem e Aprovarem o PCCR dos Trabalhadores da Educação de Baião. 
Em entrevista o secretário de administração da prefeitura, Marcos Pina Junior disse : " O pccr vem sendo construído desde o ano passado entre governo e sindicatos(sintepp, sindserpm) e teve seus trabalhos concluídos poucos dias atrás. Na Segunda-Feira dia 02 a Comissão fez todas as correções acompanhada pelos vereadores que fazem parte da comissão de educação (Airson, Rosana e Humberto) e foram até as 22horas. Na Terça-Feira dia 03 foi encaminhada, pela parte da noite, pela comissão a minuta do projeto de Lei e na Quarta-Feira o gabinete do prefeito junto a Assessoria Jurídica fizeram sua análise e encaminharam à Câmara na Quinta-Feira. Não houve envio atrasado de matéria e os representantes do governo na comissão deixaram bastante claro que mesmo concluindo os trabalhos precisa-se respeitar o tempo legislativo. Acreditamos que seja aprovado sem mudanças o mesmo nesta próxima semana, concluiu.Fotos: Anunciação Damasceno
Curtir
Comentar