Este site é pessoal e tem o foco principal, nas notícias e fatos de interesse de nosso povo e das nossas coisas. Então, significa que não temos equipe e nem tempo para informar tudo o que acontece em Baião e região, ficando ao nosso critério divulgar as informações mais relevantes.
"Vote na enquete, assista os vídeos, deixe seu comentário e divirta-se."
Loading...

sexta-feira, 25 de novembro de 2016

CELPA DESAFIA A JUSTIÇA EM BAIÃO

 
CELPA DESAFIA A JUSTIÇA EM BAIÃO
Não bastasse a empresa prestar serviços de qualidades duvidosas, agora a Celpa enfrenta a justiça de maneira impressionante.
Parafraseando a música do comercial dela: “ A celpa atrapalha em todo lugar, atrapalha todo mundo em todo Pará”, é exatamente o que acontece em Baião. 
Nos últimos meses são dezenas de reclamações na justiça contra os maus serviço da companhia.
O processo defendido pelo advogado Dr. Luciano Maués teve início em meado do mês de Julho deste ano em virtude do sistema de faturamento e registro de consumo da referida empresa não apresentar dados reais.
No processo que tem o número 0004551-79-2016.814.0007 que corre na Comarca de Baião, a empresa além de não registrar corretamente a mudança do relógio da consumidora, simplesmente ignorou a marcação de consumo da residência, e por duas vezes mesmo estando sob judice a questão e o meritíssimo juiz Dr. Weber Lacerda ter expedido liminar proibindo o corte da energia, a empresa simplesmente ignorou a ordem judicial.
Por isso, empresa recebeu uma decisão judicial com “condução Coercitiva” que acompanhada da Oficial de justiça, Artêmis, fez cumpri o mandado da lei, obrigando a religação imediatamente da energia da consumidora Rosangela Pompeu sob pena de prisão de seus representantes legais no município.
Em virtude da demora da decisão judicial, a religação foi feita 5 dias após o corte na tarde do dia 22/11 (conforme foto). Segundo o advogado da consumidora, a empresa além de enfrentar o processo judicial que está em lide, será penalizada também por descumprir ordem judicial.
Não deixem de reclamar sobre os problemas desta empresa, contrate um advogado e faça valer os seus direitos.