Este site é pessoal e tem o foco principal, nas notícias e fatos de interesse de nosso povo e das nossas coisas. Então, significa que não temos equipe e nem tempo para informar tudo o que acontece em Baião e região, ficando ao nosso critério divulgar as informações mais relevantes.
"Vote na enquete, assista os vídeos, deixe seu comentário e divirta-se."
Loading...

quarta-feira, 2 de agosto de 2017

Comboio de balsas se choca com navio contêiner e 9 pessoas estão desaparecidas

Uma possível tragédia pode ter acontecido no Rio Amazonas, na região da Calha Norte, no oeste do Pará. Um comboio de balsas colidiu com navio de contêiner. Segundo informações, 9 pessoas do comboio de balsas da empresa Bertolini estão desaparecidas. A colisão aconteceu por volta das 4 horas da madrugada desta quarta-feira (02/08), próximo ao município de Óbidos.
A maioria da tripulação do empurrador dormia nos camarotes na hora do acidente. O Comandante dos Portos de Santarém, Capitão Ricardo Barbosa, mandou uma equipe para o local. O navio parou próximo de Óbidos com balsas presas no casco.
Nossa reportagem entrevistou o Comandante do Portos de Santarém, Capitão Ricardo Barbosa, que falou sobre o acidente: “A Capitania do Portos foi acionada por volta das seis horas da manhã pelo prático que encontrava-se embarcado no navio mercante Mercosul. Esse navio era proveniente do Porto de Suape, no Nordeste e tinha como destino Manaus. Esse navio teria abalroado com o comboio da empresa Bertolini que transportava milho, no Rio Amazonas, aproximadamente a 10 milhas acima da foz do Rio Trombetas. A informação que nós temos, é de que o empurrador naufragou no local, duas balsas do comboio encontram-se agarradas na proa do navio mercante e as demais balsas estão à deriva no local. Temos, também, a informação preliminar de 09 desaparecidos provenientes desse acidente. A Capitania já está preparando uma equipe que seguirá para o local para realizar as buscas e iniciar o inquérito. Estamos aguardando a chegada do Corpo de Bombeiros que também irá auxiliar nas buscas com três mergulhadores que já estão seguindo para o local”, disse Capitão Ricardo Barbosa.

Fonte: RG 15/O Impacto