Este site é pessoal e tem o foco principal, nas notícias e fatos de interesse de nosso povo e das nossas coisas. Então, significa que não temos equipe e nem tempo para informar tudo o que acontece em Baião e região, ficando ao nosso critério divulgar as informações mais relevantes.
"Vote na enquete, assista os vídeos, deixe seu comentário e divirta-se."
Loading...

terça-feira, 19 de maio de 2015

PÓLO DA UFPA EM BAIAÕ ENFRENTA PROBLEMAS.

PÓLO DA UFPA EM BIAÕ ENFRENTA PROBLEMAS.
Aos que são de Baião, aos que são da UFPA, aos que são dos pólos, leiam por favor.
Estou aqui primeiramente para pedir explicações, como parece que hoje em dia as redes sociais tem grande poder e influencia, decidi através dessa mostrar minha indignação para com os governantes, nós, alunos da UFPA, pólo Baião, devidamente matriculados estamos quase entrando em mais uma etapa de nosso curso do período intervalar de Julho-Agosto e iremos mais uma vez nos deparar com essas precárias condições das quais se encontra nosso pólo, em reunião com os lideres de turma no período de janeiro e fevereiro, o diretor da UFPA campus Cametá prof. Doriedson Rodrigues Rodrigues confirmou a entrega de ao menos 3 salas novas para o pólo, que irá receber seis turmas novas (por Pafor e por processo seletivo UFPA), pois no pólo as salas todas ja estão sendo utilizadas, não há nenhuma vaga, porem o que vemos neste mês, faltando um mês e meio para o inicio das aulas é a mesma coisa que vimos a dois anos atrás quando entramos nessa instituição (2013), dai um joga os problemas para a prefeitura e outro joga para o campus, sem saber para onde correr, o aluno acaba ficando acuado e tendo de lidar com as condições.
A Turma de História nos dias 16 e 17 recebeu neste mesmo pólo um evento da Ampuh, durante esse evento recebemos mais de 150 inscritos, fora professores mestrados e doutores que vieram para a palestra, recebemos na cara e na coragem, com maioria dos inscritos de fora, hospedamos os visitantes no pólo, nas salas disponíveis. A eles faltou agua nas torneiras, agua no bebedouro, sem falar da falta de segurança de estar a noite em um pólo cercado por mato, sem muros ou cercas, de livre acesso a qualquer mal elemento e ainda por cima sem iluminação na rua que por sinal a noite é deserta por conta da localização atrás do cemitério, e ao lado de uma agencia sem funcionamento do INSS, e ja tivemos casos de roubo dentro do pólo.
E essas são as mesmas condições que nós alunos passamos todos os dias.
A nós que estudamos, falta muito, porem vai faltar muito mais para os novos calouros, que serão desvinculados do pólo, jogados para uma escola qualquer, os mesmos estudantes que vem de fora, que procuram alugar casas perto do pólo por nao conhecer a cidade, eles que vão se deparar com essa surpresa e esse descaso. Nesses dois anos O diretor da ufpa cametá não mudou, o prefeito da Cidade Baião não mudou e o pólo tampouco.
Agora convido vocês a um tour para conhecerem nossas "belíssimas" e atuais instalações...